Líder da Boy Scouts of America se desculpa por discurso de Trump

Washington, 27 Jul 2017 (AFP) - O líder da organização Boy Scouts of America (BSA) se desculpou nesta quinta-feira pela natureza política de um discurso polêmico que o presidente Donald Trump pronunciou em um enorme evento de escoteiros no início desta semana.

"Quero estender as minhas mais sinceras desculpas aos que fazem parte de nossa família Escoteira e que se ofenderam com a retórica política que foi inserida no encontro", disse Michael Surbaugh, diretor-executivo da BSA em comunicado.

"Essa nunca foi a nossa intenção", afirmou.

Trump se dirigiu a milhares de escoteiros durante o Jamboree Nacional na Virgínia ocidental na segunda-feira à noite, expressando um discurso inflamado e altamente político que foi criticado em todo o país.

Do palco, Trump atacou as "notícias falsas" dos meios de comunicação americanos, o seu antecessor Barack Obama, a sua rival eleitoral Hillary Clinton e outras personalidades..

Na terça-feira, a página do Facebook da BSA foi inundada com comentários críticos sobre a intervenção do presidente.

Surbaugh sustentou em seu comunicado que é uma longa tradição estender o convite ao presidente em exercício para comparecer ao Jamboree, mas destacou que "não era de nenhuma maneira um aval para qualquer personalidade, partido ou questões políticas".

"Sinceramente lamentamos que a política tenha sido inserida no evento", afirmou.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos