Pentágono rompe laços com grupo rebelde sírio

Washington, 27 Jul 2017 (AFP) - O Pentágono cortou o vínculo com um grupo rebelde sírio depois que este começou a atacar as forças do governo ao invés do grupo extremista Estado Islâmico (EI), declarou um porta-voz militar nesta quinta-feira.

O grupo, conhecido como Shuhada Al-Qaryatayn, recebeu treinamento e armas da coalizão liderada pelos Estados Unidos no sul da Síria.

"Unilateralmente, sem permissão ou coordenação dos Estados Unidos ou da coalizão" eles realizaram patrulhas foram da zona especificada e executaram "atividades sem ser focadas em lutar contra o EI", disse o porta-voz da coalizão, o coronel Ryan Dillon.

"A coalizão não continuará apoiando as suas operações", indicou Dillon.

Shuhada Al-Qaryatayn está localizado na área próxima a Al-Tanf, onde a coalizão opera um quartel de treinamento perto da fronteira com a Jordânia.

Dillon disse que a coalizão tentará recuperar o equipamento militar que foi entregue ao grupo, sem detalhar o número de rebeldes que o integra.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos