Trump: testes de mísseis 'isolarão ainda mais' Coreia do Norte

Washington, 28 Jul 2017 (AFP) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, denunciou nesta sexta-feira o tiro de um míssil balístico intercontinental realizado pela Coreia do Norte, uma ação "temerária e perigosa" que isolará ainda mais os norte-coreanos.

"Os Estados Unidos condenam este tiro e rejeitam o argumento do regime de que estes testes e estas armas garantirão a segurança da Coreia do Norte. Na realidade, têm o efeito oposto", assinalou o presidente em um comunicado.

"Ameaçando o mundo, estas armas e estes testes isolarão ainda mais a Coreia do Norte, debilitarão sua economia e prejudicarão seu povo".

"Os Estados Unidos adotarão todos os passos necessários para garantir a segurança do nosso país e proteger nossos aliados", destacou o presidente.

O míssil foi lançado de Mup'yong-ni e percorreu uma trajetória de cerca de 1.000 km antes de cair no Mar do Japão, segundo o Pentágono.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos