Militar morre por disparo em protesto contra Constituinte na Venezuela

Caracas, 30 Jul 2017 (AFP) - Um militar morreu, atingido por um disparo durante um protesto contra a eleição da Assembleia Constituinte, neste domingo (30) na Venezuela, em meio a fortes distúrbios e confrontos entre manifestantes e forças de segurança.

A vítima, identificada como Ronald Ramírez, "recebeu um disparo no pômulo esquerdo durante uma manifestação" em La Grita, no oeste do departamento de Táchira, fronteiriço com a Colômbia, informou a Procuradoria.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos