Putin: 755 diplomatas americanos deverão deixar a Rússia

Moscou, 30 Jul 2017 (AFP) - O presidente Vladimir Putin anunciou neste domingo (30) que 755 diplomatas americanos deverão deixar o território russo, como parte da decisão de reduzir a 455 o número de funcionários dos Estados Unidos em seu país.

"Mais de um milhão de pessoas trabalhavam e continuam a trabalhar" nas repartições diplomáticas americanas na Rússia, declarou Putin em entrevista ao Rossia 24, canal público de TV.

"755 pessoas deverão interromper suas atividades na Rússia", ressaltou.

"Aguardamos tempo o suficiente, com a esperança de que a situação pudesse melhorar", revelou Putin durante a entrevista. "Porém, tudo indica que caso a situação mude, isso não vai acontecer rapidamente", advertiu.

mp/mct/jz/age/bn/

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos