Diretor de Comunicações da Casa Branca Anthony Scaramucci deixa o cargo

Washington, 31 Jul 2017 (AFP) - O polêmico empresário Anthony Scaramucci, nomeado há apenas 10 dias como diretor de Comunicações da Casa Branca, já não ocupa mais o cargo após provocar um caos político na Presidência, informou a porta-voz da Casa Branca.

Scaramucci foi apontado como responsável pela demissão do chefe de gabinete, Reince Priebus, que foi substituído pelo general John Kelly, secretário de Segurança Interna.

O general Kelly prestou juramento como novo chefe de Gabinete nesta segunda-feira, e segundo o jornal The New York Times pediu logo depois ao presidente Donald Trump a demissão imediata de Scaramucci.

Segundo uma nota sucinta da assessoria de imprensa da Casa Branca, Scaramucci "sentiu que o melhor era dar ao secretário-geral John Kelly um novo começo e a possibilidade de montar sua própria equipe". "Lhe desejamos o melhor", completou a nota.

No início do dia, Trump usou o Twitter para negar que houvesse um ambiente de "caos" na Casa Branca.

Ao ser nomeado diretor de Comunicações, Scaramucci assegurou que o presidente Trump o havia encarregado para por fim aos vazamentos para a imprensa, mas sua chegada à Casa Branca desatou uma feroz briga interna.

Sua nomeação provocou a renúncia imediata do porta-voz da Presidência, Sean Spicer, mas Scaramucci focou em Priebus, a quem acusava de ter bloqueado o acesso a Trump e de ser responsável pelos vazamentos à imprensa.

Já em seu primeiro pronunciamento público, Scaramucci deixou claro que se dirigia "diretamente ao presidente", adiantando que não pretendia discutir nada com Priebus.

Na semana passada, mostrou sua força quando Trump anunciou a demissão de Priebus.

Entretanto, a divulgação de uma polêmica ligação de Scaramucci a um jornalista, com muitos xingamentos a Priebus e a outros funcionários da Casa Branca, pareceu selar o seu destino.

Nesta ligação, adiantou que pretendia demitir quem fosse necessário na Casa Branca e definiu Priebus como um "esquizofrênico paranoico de merda, um paranoico".

Quase simultaneamente, veio a público que a esposa de Scaramucci havia apresentado formalmente os documentos para o divórcio, cansada com a obsessão de seu marido em conseguir uma nomeação à Casa Branca.

Multimilionário com longa atividade no setor bancário, Scaramucci se aproximou de Trump durante o processo de definição do novo governo, onde esperava conseguir um cargo na Presidência.

Segundo Scaramucci, Priebus orquestrou internamente para impedir que isso acontecesse.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos