Opositores venezuelanos López e Ledezma voltaram à prisão por planejarem fugir

Caracas, 1 Ago 2017 (AFP) - Os opositores venezuelano Leopoldo López e Antonio Ledezma, que se encontravam em prisão domiciliar, foram enviados à prisão comum porque supostamente planejavam fugir e devido a suas declarações de teor político, informou o Tribunal Supremo de Justiça (TSJ).

"Recebemos por fontes da inteligência oficial informação que devam conta (sic) de um plano de fuga desses cidadãos, pelo que e com a urgência do caso, foram ativados os procedimetnos de resguardo correspondentes", assinalou o TSJ em uma nota de imprensa.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos