Padre é preso acusado de pedofilia nas Filipinas

Manila, 1 Ago 2017 (AFP) - Um padre católico, suspeito de pedofilia, foi preso depois de ser surpreendido na companhia de uma adolescente de 13 anos, anunciou nesta terça-feira uma autoridade da Igreja filipina.

A Igreja e a polícia abriram duas investigações separadas após a prisão, ocorrida na sexta-feira, do padre Arnel Lagarejos na periferia de Manila, indicou à AFP o bispo emérito Oscar Cruz.

Lagarejos, sacerdote e diretor de uma universidade religiosa próxima da capital, foi preso pela polícia depois que um cafetão lhe entregou a adolescente, informou Cruz, que lidera a investigação da Igreja.

O padre foi suspenso das suas funções, em sua diocese e na universidade, e foi colocado sob custódia, acrescentou.

A polícia se recusou a comentar, citando uma lei sobre a confidencialidade em tais casos.

Os resultados da investigação eclesiástica serão enviados para o Vaticano, acrescentou Oscar Cruz.

O caso causou comoção nas Filipinas, país com 80% da população de confissão católica e onde a Igreja tem uma influência considerável.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos