UE se nega a reconhecer a Assembleia Constituinte venezuelana

Bruxelas, 2 Ago 2017 (AFP) - A União Europeia se nega a reconhecer a Assembleia Constituinte venezuelana e pede que sua instalação seja suspensa, declarou nesta quarta-feira a representante de política externa europeia, Federica Mogherini, em nome de seus 28 estados membros.

"A eleição da Assembleia Constituinte agravou muito a crise na Venezuela", afirmou Mogherini.

"A União Europeia e seus Estados membros não podem por conseguinte reconhecer a Assembleia Constituinte".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos