EUA apresentam projeto na ONU para incrementar sanções à Coreia do Norte

Nações Unidas, Estados Unidos, 4 Ago 2017 (AFP) - Os Estados Unidos apresentaram nesta sexta-feira ao Conselho de Segurança da ONU um projeto de resolução que endurece as sanções à Coreia do Norte e que pretende privar Pyongyang de 1 bilhão de dólares em receitas com exportações, informaram diplomatas.

O Conselho votará no sábado estas medidas, que incluem uma proibição das exportações de carvão, ferro, chumbo e produtos do mar a um país que está muito necessitado de receitas.

Os Estados Unidos negociaram a proposta de novas medidas com a China, maior parceira comercial e aliada da Coreia do Norte, desde que Pyongyang lançou no dia 4 de julho seu primeiro míssil balístico intercontinental.

Um segundo lançamento, em 28 de julho, aumentou os alarmes sobre a campanha de Pyongyang para desenvolver um míssil que possa alcançar o território dos Estados Unidos.

A proibição das exportações pode privar o regime de Pyongyang de receitas anuais por 1 bilhão de dólares, que representam um terço das receitas de suas divisas externas, de acordo com um diplomata próximo às negociações.

O esboço do projeto também previne a Coreia do Norte de enviar trabalhadores ao exterior e proíbe todas as novas associações de empresas e investimentos nas firmas conjuntas que já existem.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos