Dois guerrilheiros do ELN morrem na Colômbia

Bogotá, 7 Ago 2017 (AFP) - Dois guerrilheiros do ELN, o único grupo rebelde ativo da Colômbia e que negocia a paz com o governo, morreram em operações militares no norte do país, informou o Exército neste domingo.

Os dois insurgentes morreram na zona rural do município La Jagua de Ibirico, departamento (estado) de Cesar, informou o Exército em um comunicado.

Segundo "informação de Inteligência", os insurgentes pertenciam à frente Norte do Exército de Libertação Nacional (ELN, guevarista), que tinha sido denunciado pela comunidade por extensão, acrescentou o boletim.

Os guerrilheiros foram identificados como Víctor Julio Vaca Durán, de 31 anos, e Yair García, de 36.

O ELN, com 1.500 combatentes, segundo cálculos oficiais, e o governo de Juan Manuel Santos instalaram em fevereiro diálogos em Quito para superar meio século de conflito armado.

Com as negociações, que se desenvolvem em meio ao confronto, Santos busca a "paz completa" após a assinatura de um acordo em novembro com as marxistas Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), que foi a principal e mais antiga guerrilha das Américas, atualmente em processo de reinserção e conversão a movimento político legal.

O sangrento conflito armado colombiano confronta há 53 anos guerrilhas, paramilitares e agentes dp Estado, com um balanço de 260.000 mortos, 60.000 desaparecidos e 7,1 milhões de deslocados.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos