Morales: Venezuela é peça estratégica para EUA 'recolonizar' América Latina

La Paz, 7 Ago 2017 (AFP) - A Venezuela é uma "peça estratégica" dos Estados Unidos para "recolonizar a América Latina", afirmou nesta segunda-feira o presidente boliviano, Evo Morales, que também convocou as Forças Armadas da região a proteger a população da "cobiça imperial".

Morales citou a situação da Venezuela e o papel que devem ter os militares, em um discurso para comemorar a criação das Forças Armadas bolivianas, que surgiram da luta contra a colonização espanhola.

"O império está empreendendo a grande batalha para recolonizar a América Latina e o Caribe, e a Venezuela é uma peça estratégica", afirmou Morales, que qualifica a atual situação no país de tentativa de golpe desenhada por Washington.

A Venezuela "é um elo estratégico" nos planos dos Estados Unidos, que buscam "derrubar, dominar e depois se apossar" das reservas de petróleo do país.

"Convoco as Forças Armadas da América Latina a realizar operações e exercícios conjuntos para impedir que se viole a soberania dos nossos povos e para proteger nossa região da cobiça imperial".

O governo do presidente Nicolás Maduro afirma ter sufocado no domingo um ataque a uma unidade militar no norte do país, em meio a versões de divisão entre os militares.

O incidente ocorreu um dia após a instalação da Assembleia Constituinte, promovida por Maduro e rejeitada pela oposição e pela comunidade internacional.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos