Polícia italiana prende 15 bombeiros que iniciaram incêndios

Em Roma

  • Getty Images/iStockphoto

Quinze bombeiros voluntários, suspeitos de provocar incêndios para receber os pagamentos de intervenção, foram detidos na Sicília, anunciou a polícia de Ragusa, sul da Itália.

Os bombeiros teriam provocado princípios de incêndio e e efetuado falsos alertas de socorro, de acordo com os investigadores.

Isto permitia sua intervenção e a cobrança do pagamento de 10 euros (cerca de R$ 37) por hora determinada pelo Estado.

Os 15 bombeiros voluntários, todos procedentes da província de Ragusa, sul da Sicília, foram detidos e acusados de fraude e danos.

As detenções aconteceram depois que o comando provincial dos bombeiros ordenou uma investigação em consequência de um aumento brusco e anormal das intervenções da equipe.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos