Trump faz perguntas "difíceis" sobre a missão no Afeganistão, afirma Tillerson

Manila, 7 Ago 2017 (AFP) - O presidente Donald Trump fez a seus conselheiros "perguntas difíceis" sobre a estratégia dos Estados Unidos no Afeganistão e não está disposto a continuar como antes, afirmou o secretário de Estado, Rex Tillerson.

A Casa Branca está revisando o dispositivo no Afeganistão após 16 anos de guerra, mas a nova estratégia não foi anunciada pelas divergências dentro da equipe de segurança nacional de Trump, que está dividida entre enviar mais tropas ou retirar soldados.

Em declarações em Manila, onde acontece um fórum de segurança regional, Tillerson não revelou a própria opinião sobre a questão, mas afirmou que Trump não estaria satisfeito de prosseguir com a luta como antes.

"O presidente não está disposto a aceitar isto e está fazendo perguntas difíceis (...) E são talvez as perguntas que ninguém queria fazer no passado", disse Tillerson à imprensa.

"Assim queremos dar as respostas certas e precisas, assim como uma análise clara e profunda", completou.

O secretário de Estado afirmou que o Conselho de Segurança Nacional do presidente se reuniu três vezes para abordar o tema e informou que o vice-presidente Mike Pence se uniu a Trump para debater sobre a estratégia no Afeganistão.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos