Bombardeios da coalizão matam 29 civis na cidade síria de Raqa em 24 horas

Beirute, 8 Ago 2017 (AFP) - Vinte e nove civis, entre eles 14 crianças, morreram nas últimas 24 horas em bombardeios da coalizão liderada Estados Unidos contra a cidade síria de Raqa, de onde os extremistas resistem a uma ofensiva para expulsá-los, informou uma ONG nesta terça-feira (8).

Uma aliança de combatentes curdo-árabes apoiada por Washington busca recuperar Raqa, onde combate o grupo extremista Estado Islâmico (EI). Essa aliança já conquistou quase 45% do principal bastião dessa organização extremista na Síria.

Desde a segunda-feira à noite, "29 civis morreram em bombardeios realizados pelos aviões da coalizão sobre a cidade de Raqa", indicou o Observatório Sírio de Direitos Humanos (OSDH).

Entre as vítimas há nove mulheres e 14 crianças. Dos 29 mortos, 14 eram membros de uma mesma família, ressaltou a OSDH, acrescentando que o balanço pode aumentar devido ao estado grave de vários feridos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos