Isolado pelos vizinhos, Catar chega a acordo para corredor aéreo

Montreal, 8 Ago 2017 (AFP) - Catar, Bahrein e Emirados Árabes Unidos chegaram a um acordo para a abertura de corredores aéreos para facilitar voos da companhia Qatar Airways, segundo um anúncio da Organização de Aviação Civil Internacional (OACI) desta terça-feira.

Com supervisão da agência da ONU para transporte aéreo, foram dispostas "novas rotas temporárias ou de contingência" e "a disponibilidade de rotas aéreas existentes foi garantida", disse Antony Philbin, porta-voz da OACI.

Há dois meses, o Catar é alvo de um embargo por parte de seus vizinhos do Golfo Pérsico, entre eles Arábia Saudita, Emirados Árabes Unidos e Bahrein, que acusam o país de apoiar o "terrorismo". O grupo fechou as fronteiras terrestres e marítimas e impôs severas restrições aéreas ao emirado.

"Desde 5 de junho, a OACI trabalha com vários Estados do Oriente Médio para garantir um acesso equitativo de aeronaves registradas no Catar ao espaço aéreo" dos países vizinhos, indicou a agência, baseada em Montreal.

O acordo estabelece um corredor de emergência para a Qatar Airways, de modo que possa ter acesso ao espaço aéreo do Bahrein e dos Emirados Árabes Unidos.

O embargo só afetava a Qatar Airways. As companhias estrageiras podiam transitar nesse espaço em voos que passavam pelo Catar.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos