Militares impedem entrada de deputados opositores ao Parlamento venezolano

Caracas, 8 Ago 2017 (AFP) - Militares venezuelanos impediram a entrada de dez deputados opositores ao Palácio Legislativo, onde esta terça-feira será realizada a primeira sessão da Assembleia Constituinte do presidente Nicolás Maduro, denunciaram os políticos.

"Não nos deixam entrar no Palácio Federal Legislativo. Este governo invade os espaços que já não é capaz de ganhar legitimamente", assinalou no Twitter Stalin González, chefe da maioria opositora.

O prédio, localizado no centro de Caracas, amanheceu com forte presença da Guarda Nacional.

Alguns jornalista denunciaram que também tiveram seu acesso impedido.

Mais cedo, o Congresso, que só terá sessão na quarta-feira, denunciou que a presidente da Constituinte, Delcy Rodríguez, e outros integrantes desse órgão questionado assumiram o controle na noite de segunda, com apoio de militares, do salão de sessões do Legislativo depois de forçar as portas.

Segundo o comunicado, Delcy Rodríguez, e outros integrantes do grupo "forçaram" a entrada com o aval do coronel Bladimir Lugo, chefe militar encarregado de proteger o local.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos