China pede 'prudência' a EUA e Coreia do Norte

Pequim, 11 Ago 2017 (AFP) - A China pediu a Estados Unidos e Coreia do Norte, nesta sexta-feira (11), que sejam "prudentes" e "contribuam mais" para apaziguar "uma situação tensa", após uma nova escalada verbal entre Washington e Pyongyang.

"A situação atual na península coreana é altamente complicada e delicada. Fazemos um apelo a todas as partes relevantes para que sejam prudentes em suas palavras e em suas ações e contribuam mais para aliviar as tensões", declarou o porta-voz do Ministério chinês das Relações Exteriores, Geng Shuang, em um comunicado.

O porta-voz disse ainda que ambos devem se esforçar para "aumentar sua confiança mútua" em vez de "recorrer, alternadamente, a velhas receitas de demonstrações de força e contínua escalada da situação".

Na quinta-feira, o presidente americano, Donald Trump, endureceu sua retórica frente à Coreia do Norte, país que ameaça abertamente o território americano de Guam, no Pacífico.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos