PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Dois policiais morrem em atentado suicida contra delegacia na Argélia

31/08/2017 07h37

Argel, 31 Ago 2017 (AFP) - Dois policiais morreram na Argélia, nesta quinta-feira (31), em um atentado suicida cometido por um homem quando tentava entrar no quartel-general da Polícia em Tiaret, a cerca de 350 km de Argel - anunciou a agência de notícias oficial, APS.

"Um terrorista que usava um cinturão de explosivos e tinha uma arma quis invadir a sede de Segurança da wilaya [prefeitura]", relatou a APS, citando a Direção Geral de Segurança Nacional (DGSN, o Estado-Maior da Polícia).

O agente se lançou sobre o suicida quando este tentava entrar no edifício e morreu na explosão.

Outro policial que estava de plantão também foi atingido pela deflagração. Ele não resistiu aos ferimentos e faleceu, informou a APS, confirmando ainda a morte do agressor.

Em fevereiro, o grupo extremista Estado Islâmico havia reivindicado uma tentativa de ataque suicida contra uma delegacia de Constantine, a cerca de 430 km ao leste de Argel.

Na ocasião, um homem tentou entrar na delegacia, mas foi contido por disparos de um policial. Os tiros ativaram os explosivos que o invasor carregava com ele.

Vários grupos armados islamitas permanecem ativos na Argélia, sobretudo, no leste e no sul do país, apesar da aprovação, em 2005, de uma Carta pela Paz e pela Reconciliação. O objetivo do documento é pôr fim a uma guerra civil que deixou 200.000 mortos nos anos 1990. As forças de segurança são o principal alvo desses ataques.

ayv/abh/iw/erl-jvb/pc/tt

Internacional