Combates em Mianmar deixaram quase 400 mortos em uma semana

Yangon, 1 Set 2017 (AFP) - O exército de Mianmar anunciou nesta sexta-feira que a luta contra os rebeldes muçulmanos no noroeste do país deixou quase 400 mortos em uma semana, principalmente combatentes rohingyas.

A violência provocou uma nova fuga da minoria muçulmana. No total, 27.400 pessoas entraram em Bangladesh desde a sexta-feira passada e 20.000 delas estão retidas na fronteira, de acordo com a ONU.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos