Renegociação do Nafta avança hermeticamente no México

México, 3 Set 2017 (AFP) - A segunda rodada da renegociação do Tratado de Livre-Comércio da América do Norte (Nafta) avança sem contratempos e com hermetismo quase absoluto na Cidade do México.

Os negociadores de México, Estados Unidos e Canadá estão reunidos em um hotel da capital revisando o acordo, numa rodada que vai até a próxima terça-feira.

"As mesas de negociação estão avançando bem, contudo, é preciso esperar a reunião dos ministros na segunda e na terça-feira, que são os responsáveis pelo comércio nesta negociação" disse à imprensa neste sábado Francisco de Rosenzweig, ex-negociador comercial do México.

Representantes dos três países estão divididos em 25 mesas de trabalho que discutem temas como acesso ao mercado de bens, investimentos e facilitação comercial.

Eles também revisam o delicado tema das regras de origem, isto é, o conteúdo que os produtos devem ter para não pagar impostos na fronteira, um tema vital para a indústria automotiva do México.

As equipes de negociadores não fizeram declarações formais à imprensa durante as negociações.

Espera-se que o secretário de Economia mexicano Ildefonso Guajardo se reúna com o representante comercial americano, Robert Lighthizer, e com Chrystia Freeland, ministra de Exterior canadense, na terça-feira para fazer um pronunciamento aos meios de comunicação.

A rodada de negociação acontece em meio a repetidas ameaças do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, de abandonar o acordo comercial vigente desde 1994.

Trump tem qualificado o Nafta como o pior acordo comercial já assinado e o culpa pelo desemprego no país e o déficit de cerca de 64 bilhões de dólares que tem com o México.

Neste domingo, Lighthizer fez eco às ameaças de Trump ao advertir, pelo Twitter, que vão buscar mercados "mais livres, justos e equilibrados".

Apesar das dificuldades, tanto o governo mexicano, quanto especialistas esperam um resultado positivo para os três países ao fim da renegociação.

Neste sábado, o presidente do México Enrique Peña Nieto disse que a equipe negociadora do país tem o objetivo de participar com seriedade e boa-fé.

"Sempre pondo o interesse do México à frente, a tempo de buscar um resultado no qual os três países ganhem", disse o mandatário em uma mensagem.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos