Putin: Rússia pode reduzir ainda mais o número de funcionários diplomáticos dos EUA

Xiamen, China, 5 Set 2017 (AFP) - O presidente russo Vladimir Putin ameaçou nesta terça-feira reduzir em outras 155 pessoas o número de funcionários diplomáticos dos Estados Unidos no país, em um momento de tensão entre as duas potências.

Em julho, Putin ordenou a redução de 755 a 455 do número de funcionários da diplomacia dos Estados Unidos - russos e americanos - no país, depois das novas sanções econômicas impostas por Washington pelo conflito na Ucrânia.

Moscou deseja alcançar a paridade com o número de funcionários russos nos Estados Unidos, um total 455 pessoas, incluindo 155 que trabalham para a missão diplomática russa na ONU.

"Se falamos de paridade absoluta (...) são 455 menos 155", afirmou Vladimir Putin.

"Por isto nos reservamos o direito de tomar uma decisão sobre o número de diplomatas americanos", disse Putin em uma entrevista coletiva na reunião de cúpula dos BRICS na China.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos