Irma deixa um morto e 'devastação total' em Barbuda

Saint John's, Antígua e Barbuda, 7 Set 2017 (AFP) - O monstruoso furacão Irma deixou um morto e "devastação total" em Barbuda, informou nesta quarta-feira o primeiro-ministro da pequena ilha caribenha, Gaston Browne, após a passagem do fenômeno de categoria 5 na escala Saffir-Simpson.

"É uma devastação total, Barbuda é literalmente um escombro", disse Browne à imprensa local. O porta-voz da agência de gestão de emergências, Midcie Francis, confirmou que uma pessoa morreu e que os danos são gigantescos.

Com apenas 1.600 habitantes, Barbuda é uma ilha irmã de Antigua, que se livrou da pior parte do furacão. Ao norte das Antilhas Menores e a leste de Porto Rico, ambas formam um país soberano.

"Absolutamente devastador. Nunca vi tanta destruição como observei em Barbuda esta tarde", declarou o primeiro-ministro à CNN após sobrevoar a ilha. "Noventa e cinco por cento das propriedades foram danificadas".

Browne destacou que até o aeroporto foi atingido e, no momento, só permite operações com helicópteros.

"Acredito que o custo para reparar as infraestruturas e as residências vai superar os 150 milhões de dólares".

Browne precisou que a vítima fatal é um menino que era levado pela mãe de uma propriedade destruída para outro local.

"Com tanta devastação, me surpreende que não haja mais vítimas fatais".

Fotos publicadas nas redes sociais e na imprensa local revelam a enorme devastação, com casas convertidas em completos escombros, telhados arrancados e paredes derrubadas.

str-lm/lr

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos