Papa pede 'que promovam caminhos de concórdia' na Venezuela

A bordo de avión del papa, Brasil, 6 Set 2017 (AFP) - O papa Francisco pediu nesta quarta-feira que promovam "caminhos de solidariedade, justiça e concórdia" na Venezuela, em um telegrama enviado ao presidente Nicolás Maduro, enquanto sobrevoava o país caribenho a caminho da Colômbia.

"Envio saudações cordiais à sua excelência e a todas as pessoas da Venezuela. Orando para que todos na nação possam promover caminhos de solidariedade, justiça e concórdia. Invoco particularmente a benção de Deus para a paz a todos vocês", escreveu o pontífice.

Em uma declaração prévia aos jornalistas a bordo do avião, o pontífice argentino pediu "uma oração para que possa haver diálogo com todos" no país, que vive meses de protesto contra Maduro.

O papa Francisco embarcou nesta quarta-feira em Roma com destino à Colômbia para uma visita de cinco dias, e espera-se que sua chegada a Bogotá ocorra às 16h30 locais (18h30 de Brasília).

O avião em que o pontífice viaja teve que mudar sua rota devido ao potente furacão Irma, que nesta quarta-feira tocou terra no Caribe.

Francisco, de 80 anos, empreendeu a sua 20ª viagem internacional e a quinta para a América Latina.

A viagem à Colômbia, que inclui locais como Bogotá, Villavicencio, Medellín e Cartagena, "é uma viagem especial", acrescentou o papa.

É uma viagem "para ajudar a Colômbia a seguir em frente em seu caminho de paz", para o qual também pediu aos jornalistas uma oração.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos