TOPSHOTS Trump tranquiliza 'Dreamers' com seis meses de carência

Washington, 7 Set 2017 (AFP) - O presidente americano Donald Trump garantiu, nesta quinta-feira (7) a cerca de 800 mil jovens imigrantes sem visto que eles vão ficar seguros nos Estados Unidos por pelo menos seis meses, dois dias depois de ter encerrado o programa que os protegia da deportação.

Na terça-feira, Trump anunciou a revogação da Ação Diferida para os Chegados na Infância (Daca, na sigla em inglês), criada por decreto pelo ex-presidente Barack Obama em 2012. O programa formalizava temporariamente imigrantes que chegaram aos Estados Unidos ainda crianças e em situação ilegal. A maioria é latina.

Diante das críticas de grupos religiosos, empresários e de políticos democratas e republicanos, Trump tentou tranquilizar os chamados "Dreamers", anunciando um período de carência.

"Para todos os (Daca) que estão apreensivos sobre seu status, num período de seis meses, vocês não tem nada com o que se preocupar - nenhuma ação!", garantiu o presidente americano.

Não está claro o que vai acontecer com as cerca de 800 mil pessoas que se beneficiaram da anistia após esse período de seis meses, ou quando seu visto de residência expirar nos próximos dois anos.

Trump expressou mensagens contraditórias sobre o programa, ao qual ele deu fim, chamando-o de "anistia ilegal", mas pedindo ao Congresso que o transforme em lei permanente.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos