Emir do Catar chama príncipe saudita para iniciar diálogo

Riade, 8 Set 2017 (AFP) - O emir do Catar telefonou nesta sexta-feira ao príncipe herdeiro da Arábia Saudita, Mohamed bin Salman, para manifestar seu interesse em resolver a crise diplomática bilateral que se estende há três meses, informou na madrugada deste sábado a agência estatal de Riad.

O príncipe "celebrou a disposição" de diálogo e precisou que "o anúncio sobre as modalidades deste diálogo se efetuará após a conclusão de um acordo" entre Arábia Saudita, Emirados Árabes Unidos, Barein e Egito, que em bloco romperam relações com o Catar.

O telefonema do emir do Catar, xeque Tamin bin Hamad Al Thani, ocorre após o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, se oferecer para mediar a crise, assegurando que a disputa poderia ser resolvida "bem facilmente".

A crise, latente, explodiu no dia 5 de junho, quando Arábia Saudita, Emirados Árabes Unidos, Barein e Egito romperam relações diplomáticas com Doha.

Os quatro países acusaram o Catar de apoiar grupos extremistas e de se aproximar do Irã, grande rival da Arábia Saudita, e impuseram ao emirado sanções sem precedentes, com o bloqueio de vias de acesso marítimas, aéreas e terrestres.

Doha rejeitou as acusações e culpou os quatro países por atentar contra sua soberania.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos