Guterres qualifica crise norte-coreana como a pior em anos

Paris, 10 Set 2017 (AFP) - A crise envolvendo a Coreia do Norte, que realizou seu sexto teste nuclear e lança com frequência mísseis balísticos, é a "mais grave com que lidamos em anos", avaliou o secretário-geral da ONU, António Guterres, em entrevista que será publicada neste domingo.

"O tema central é, sem dúvida, conseguir que a Coreia do Norte suspenda seu programa nuclear e balístico e respeite as resoluções votadas pelo Conselho de Segurança", diz Guterres ao francês Le Journal du dimanche (JDD).

"Mas também é preciso preservar, a qualquer preço, a unidade do Conselho de Segurança, já que se trata do único instrumento que pode conduzir a uma iniciativa diplomática com chances de sucesso".

Guterres avaliou que esta é a crise mais séria "que enfrentamos em anos" e se disse "muito preocupado".

Os Estados Unidos pediram formalmente na sexta-feira que o Conselho de Segurança da ONU vote na próxima segunda novas sanções contra a Coreia do Norte, apesar das reticências de China e Rússia.

O projeto de resolução americano prevê um embargo sobre o petróleo, impedir a importação têxtil norte-coreana, congelar bens do líder Kim Jong-Un, expulsar cidadãos norte-coreanos que vivem no exterior e inspecionar navios suspeitos em alto mar.

Rússia e China se opuseram às medidas - exceto a têxtil - durante uma reunião de especialistas dos 15 membros do Conselho de Segurança.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos