Tempestades deixam seis mortos na Itália

Roma, 10 Set 2017 (AFP) - Ao menos seis pessoas, quatro delas integrantes da mesma família, morreram nas tempestades violentas que afetaram a Itália neste domingo, especialmente a cidade de Livorno na Toscana, região norte do país.

Quatro pessoas foram encontradas mortas em sua casa inundada em Livorno, onde em quatro horas caíram 40 centímetros de chuva, transformando as ruas em rios e arrastando veículos.

De acordo com o jornal local Il Tirreno, as vítimas são um menino, seus pais e um de seus avôs.

O quinto corpo foi encontrado em uma zona devastada pelos deslizamentos de terra, enquanto o sexto corpo foi encontrado em um bairro próximo. Duas pessoas estão desaparecidas, de acordo com os bombeiros.

"A situação é muito difícil, é crítica. Tememos um desastre", declarou o prefeito de Livorno, Filippo Nogarin.

A Proteção Civil ativou o alerta laranja em Florença. As chuvas torrenciais começaram durante a noite na região norte da Itália e afetam o país em direção ao sul.

Na capital Roma, os túneis subterrâneos foram fechados como medida de precaução.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos