Venezuela: morrem 11 homens em confronto com militares em zona mineira

Caracas, 12 Set 2017 (AFP) - Onze pessoas morreram em um tiroteio com militares em uma zona de conflitos no sudeste da Venezuela, onde operam máfias que disputam o controle das minas de ouro, informou a Procuradoria nesta segunda-feira.

Os fatos ocorreram no domingo em Tumeremo (estado Bolívar), quando efetivos do Exército patrulhavam uma zona onde havia sido reportada a presença de uma "organização armada", segundo uma nota de imprensa.

"Os militares foram surpreendidos por um grupo de desconhecidos, o que gerou uma troca de tiros. Como resultado do confronto morreram 11 homens, e um oficial do Exército ficou ferido", acrescentou a nota.

O Ministério Público disse que abriu uma investigação para esclarecer o caso.

No último dia 14 de agosto, oito pessoas, supostamente vinculadas a uma organização criminosa, morreram em um choque com militares e policiais na localidade de El Callao, também em Bolívar.

A região é conhecida pela exploração e o comércio de ouro.

Em março de 2016, Tumeremo foi palco do massacre de 17 mineiros, cujos corpos foram localizados em uma fossa comum dias depois do ataque.

Outro massacre, de 11 pessoas, foi denunciado meses depois nessa cidade, onde grupos criminosos se enfrentam pelo controle de jazidas de ouro, segundo as autoridades e líderes sociais.

De acordo com a Procuradoria, foram registrados 21.752 assassinatos no país em 2016, com uma taxa de 70,1 homicídios para cada 100.000 habitantes, quase nove vezes maior que a média mundial.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos