OMS: milhares de pessoas ficam sem teto após passagem de Irma pelo Caribe

Genebra, 12 Set 2017 (AFP) - Milhares de pessoas ficaram sem teto e precisam urgentemente de alojamento depois da passagem do furacão Irma, especialmente pelas Antilhas Orientais, informou nesta terça-feira a Organização Mundial da Saúde (OMS) em um documento.

Irma deixou ao menos 40 mortos em sua passagem pelo Caribe e pela Flórida, segundo as autoridades locais.

Segundo a OMS, as ilhas que sofreram os maiores danos precisam urgentemente de mais pessoal médico para substituir os que trabalham 24 horas por dia desde a passagem do furacão.

Em Sint-Maarten, a parte holandesa da ilha de Saint Martin, cerca de 5.000 pessoas estão sem alojamento por causa dos danos causados em 40% das construções.

Nos Estados Unidos, segundo o documento da OMS, quase seis milhões de pessoas estão sem eletricidade. Segundo a agência americana situações de emergência, a Fema, citada pela OMS, cerca de 192.000 pessoas estão alojadas em refúgios no estado da Flórida e outras 7.095 na Geórgia.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos