Janot denuncia Temer por organização criminosa e obstrução da Justiça

Brasília, 14 Set 2017 (AFP) - O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, apresentou nesta quinta-feira (14) duas novas denúncias ao Supremo Tribunal Federal (STF) contra o presidente Michel Temer por liderar organização criminosa e tentativa de obstruir a Justiça, informou o Ministério Público Federal (MPF) em um comunicado.

Entre os acusados estão outros seis importantes dirigentes do PMDB, partido de Temer: Eduardo Cunha, Henrique Alves, Geddel Vieira Lima, Rodrigo Loures, Eliseu Padilha e Moreira Franco.

Em junho, Janot já tinha denunciado Temer por "corrupção passiva", mas a Câmara dos Deputados recusou-se a encaminhar seu pedido ao Supremo, única instância habilitada a julgar o presidente.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos