Libertada finlandesa sequestrada em Cabul

Helsínque, Finlândia, 14 Set 2017 (AFP) - O governo da Finlândia anunciou nesta quinta-feira a libertação de uma cidadã do país que havia sido sequestrada em maio no Afeganistão, um crime que não foi reivindicado por nenhum grupo.

"A finlandesa sequestrada no Afeganistão está livre e segura", escreveu no Twitter o ministro finlandês das Relações Exteriores.

Ela foi sequestrada em 20 de maio, durante um ataque de um grupo armado que terminou com a morte de uma voluntária alemã e de um guarda afegão.

Nenhum grupo reivindicou o ataque contra o prédio da ONG sueca "Operation Mercy" no centro da capital afegã.

A organização trabalha para reduzir a mortalidade infantil e apoiar as mulheres dentro das comunidades afegãs.

No Afeganistão vários estrangeiros são vítimas de sequestros, sobretudo em Cabul, em sua maioria funcionários de ONGs, menos protegidos que os diplomatas ou funcionários da ONU.

A identidade da refém não foi divulgada e a diplomacia finlandesa pediu respeito a sua intimidade e a de sua família.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos