Temer rejeita acusações absurdas de procurador-geral da República

Brasília, 14 Set 2017 (AFP) - A Presidência da República acusou nesta quinta-feira (14) o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, de adotar uma conduta "irresponsável" e afirmou que a nova denúncia de corrupção apresentada contra o presidente Michel Temer está "recheada de absurdos".

"O procurador-geral da República continua sua marcha irresponsável para encobrir suas próprias falhas" com uma denúncia "recheada de absurdos", diz a Secretaria de Comunicação da Presidência em um comunicado.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos