Presidente filipino cogita ampliar lei marcial a todo país

Manila, 15 Set 2017 (AFP) - O presidente das Filipinas, Rodrigo Duterte, cogita declarar a lei marcial em todo o país, caso a manifestação prevista pelos comunistas e outros movimentos de esquerda resulte em violência ou distúrbios, advertiu nesta sexta-feira o ministro da Defesa.

"Já disse que se a esquerda tentar realizar um grande protesto, se colocar fogo nas ruas e provocar distúrbios no país, então poderia (decretar a lei marcial)", afirmou o ministro Delfin Lorenzana.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos