Atentado em mercado do Afeganistão deixa quatro mortos e 14 feridos

Da AFP

  • Reuters

    Veículos danificados após explosão de carro bomba em Khost, no Afeganistão

    Veículos danificados após explosão de carro bomba em Khost, no Afeganistão

Quatro pessoas morreram, e 14 ficaram feridas, neste domingo (17), no atentado em um mercado de Khost, no sudeste do Afeganistão - informou o chefe de Polícia local, Faizulah Khairat, à AFP.

"Um artefato ativado remotamente por telefone celular matou quatro pessoas e feriu 14 em um mercado", declarou Khairat.

Habib Shah Ansari, responsável pelo Departamento de Saúde de Khost, capital da província de mesmo nome, confirmou um balanço de "quatro mortos e mais de uma dezena de feridos, transferidos para hospitais".

A explosão aconteceu ao meio-dia (4h30, horário de Brasília), quando uma multidão tinha ido a esse mercado para comprar e baixar música e vídeo em seus celulares.

Os insurgentes islamitas já atacaram outras feiras e estabelecimentos que vendem música e vídeos. Assim como qualquer outra forma de distração, ambos foram proibidos quando o grupo esteve no poder no Afeganistão entre 1996 e 2001.

Até o momento, o atentado não foi reivindicado pelos talibãs, muito presentes nessa instável região limítrofe com as zonas tribais do Paquistão.

Também neste domingo, uma bomba de fabricação caseira explodiu em uma zona tribal do nordeste do Paquistão, matando uma autoridade local e cinco policiais em Mamoond, a 25 quilômetros de Khar, uma zona onde os talibãs paquistaneses são muito ativos.

Logo depois, o grupo paquistanês Tehreek-e-Taliban (TTP) assumiu a autoria da deflagração, ocorrida na passagem do veículo em que os seis homens viajavam.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos