Homem é preso por matar dois negros nos EUA

Chicago, 20 Set 2017 (AFP) - A polícia da Louisiana, no sul dos Estados Unidos, denunciou nesta terça-feira um homem branco de 23 anos por matar dois cidadãos negros, em um suposto crime racial.

As autoridades de Baton Rouge disseram que Kenneth James Gleason matou na semana passada dois homens negros, que escolheu de forma aleatória para cometer assassinatos "frios, calculados e planejados".

"Este é um possível caso para pena de morte", declarou o promotor Hillar Moore em entrevista coletiva. Gleason enfrenta duas denúncias por homicídio doloso e uma por tentativa de homicídio.

As autoridades não informaram o motivo dos crimes, mas ao se referir ao ingrediente racial do caso, o chefe da polícia de Baton Rouge, Jonathan Dunnam, avaliou que as ações de Gleason "poderiam ter criado potencialmente uma ruptura no tecido que mantém esta comunidade".

Na segunda-feira da semana passada, Gleason atirou várias vezes contra a casa de um vizinho afro-americano, em um incidente que não deixou vítimas.

Na terça, escolheu aleatoriamente Bruce Cofield, 59 anos, e o matou a tiros. Na quinta, voltou a matar, desta vez Donald Smart, 49 anos.

A polícia afirma que os dois homens foram assassinados da mesma maneira: Gleason atirou primeiro de dentro do carro e depois saiu para executar as vítimas com vários disparos.

"Se não houvesse uma rápida conclusão deste caso, estou certo que este assassino mataria novamente", disse Dunnam.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos