Rohani: EUA perderão confiança do mundo se deixarem acordo nuclear com Irã

Nova York, 19 Set 2017 (AFP) - O presidente iraniano, Hassan Rohani, alertou nesta terça-feira que os Estados Unidos perderão a confiança da comunidade internacional se abandonarem o acordo nuclear com Teerã, pouco depois de o presidente Donald Trump ameaçar se retirar do pacto, o que considerou "uma vergonha".

"Se os Estados Unidos não aderirem aos compromissos e pisarem neste acordo, isto significará que levará consigo a consequente falta de confiança dos países em relação aos Estados Unidos", afirmou Rohani, que está em Nova York para participar na Assembleia Geral da ONU.

"Neste possível cenário, qual país estaria disposto a sentar-se em uma mesa com os Estados Unidos e discutir temas internacionais?", questionou Rohani em entrevista à NBC.

Nesta terça-feira, diante da Assembleia Geral da ONU, Trump pareceu dar outro passo para um eventual rompimento do tratado nuclear alcançado em 2015 entre Teerã e seis potências (Estados Unidos, Reino Unido, França, Alemanha, Rússia e China).

Rohani afirmou que se Trump abandonar esse pacto, o Irã poderá reiniciar suas atividades nucleares anteriores a 2015, que segundo Teerã eram exclusivamente pacíficas.

"O que quero dizer é que apenas retornaríamos a nossas atividades pacíficas", afirmou, ressaltando que o Irã é signatário do tratado de não proliferação de armas nucleares, do qual não tem intenção de se retirar.

"Também aderimos a protocolos adicionais, e por esta razão não produziremos armas nucleares", assegurou.

"Mesmo no passado este nunca foi o nosso plano", acrescentou, antes de insistir no fim "pacífico" de seu programa nuclear.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos