Trump oferece ajuda ao México após terremoto

Washington, 20 Set 2017 (AFP) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, conversou nesta quarta-feira com seu homólogo mexicano, Enrique Peña Nieto, para manifestar sua solidariedade após o terremoto que devastou a capital mexicana e estados vizinhos, matando mais de 220 pessoas.

Durante a conversa, Trump manifestou suas "condolências pela perda de vidas e danos" e ofereceu o envio de equipes de busca e resgate, "que estão sendo mobilizadas no momento", informou a Casa Branca.

"O presidente também se comprometeu a manter uma estreita coordenação com o México, no momento em que os dois países sofrem com terremotos e furacões".

Na terça-feira, Trump tuitou logo após o terremoto: "Que Deus abençoe o povo do México. Estamos com vocês e vamos ajudá-los.

Trump foi reprovado por demorar vários dias para manifestar suas condolências após o outro recente terremoto que atingiu o México, no dia 7 de setembro, matando 96 pessoas no sul do país.

Os Estados Unidos se recuperam de dois destrutivos furacões: Harvey, que provocou gigantescas inundações no Texas; e Irma, que arrasou os keys da Flórida.

As relações entre Washington e México são tensas diante da promessa de Trump de construir um muro na fronteira entre os dois países para combater a imigração ilegal, que segundo o presidente americano será pago pelos mexicanos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos