Farc pede perdão a vítimas de povoado da Colômbia atacado com carro-bomba

Bogotá, 24 Set 2017 (AFP) - A ex-guerrilha Farc pediu perdão neste sábado em uma emotiva cerimônia a centenas de vítimas na igreja de Granada, um povoado no noroeste da Colômbia atingido pelo conflito armado.

Com camisas brancas e velas acesas, as vítimas, muitas chorando, se reuniram na paróquia Santa Bárbara de Granada, no departamento de Antioquia, uma população que foi alvo de ataques de guerrilhas e grupos paramilitares.

"Queremos ressarcir de maneira ativa, com atos concretos de paz, essa dor que causamos", disse Pastor Alape, dirigente da Força Alternativa Revolucionária do Comum, o novo partido político surgido do acordo de paz que os rebeldes concluíram em novembro do ano passado com o governo colombiano.

Alape pediu perdão e se comprometeu a entregar informação sobre os desaparecidos na região.

Um dos vários ataques atribuidos às Farc em Granada matou 23 pessoas em 6 de dezembro de 2000, quando o povoado se transformou em ruínas após a explosão de um carro-bomba.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos