Unicef busca arrecadar 76 milhões de dólares para ajudar crianças rohingyas

Nações Unidas, Estados Unidos, 2 Out 2017 (AFP) - Unicef, a agência da ONU especializada nos direitos da infância, lançou nesta segunda-feira um chamado para arrecadar 76,1 milhões de dólares para financiar a ajuda humanitária à minoria muçulmana rohingya refugiada em Bangladesh.

Fugindo de uma operação militar birmanesa gerada após ataques de rebeldes rohingyas, mais de 500.000 membros dessa etnia, 60% deles crianças, estão refugiados desde o final de agosto em Bangladesh, segundo a ONU.

Os fundos que a Unicef espera arrecadar serão destinados a cobrir as necessidades das crianças que acabam de chegar a Bangladesh, assim como as das que se encontravam lá antes dos eventos do final de agosto, segundo um comunicado difundido em Nova York.

A Unicef calcula que o número total de crianças que precisam de ajuda é de 720.000 e, segundo a ONU, mais de 14.100 delas sofrem de desnutrição e correm risco de morte nos campos miseráveis de Bangladesh.

Elas dependem completamente das ONGs para se alimentar. Segundo as agências humanitárias, 145.000 crianças menores de cinco anos precisam de uma intervenção de urgência.

"Crianças desesperadas, traumatizadas, e suas famílias fogem de Mianmar a cada dia (...). A magnitude das necessidades é imensa", indica no comunicado o diretor da Unicef, Anthony Lake.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos