Netanyahu rejeita reconciliação palestina sem desarmamento do Hamas

Jerusalém, 3 Out 2017 (AFP) - O primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu rejeitou nesta terça-feira qualquer tipo de reconciliação entre palestinos, a menos que aconteça um desarmamento do braço armado do movimento islamita Hamas, assim como o fim de suas relações com o Irã e o reconhecimento do Estado de Israel.

"Aos que buscam uma reconciliação, afirmamos que reconheçam o Estado de Israel, desmantelem o braço armado do Hamas e cortem suas relações com o Irã, que pede nossa destruição", afirma Netanyahu em um comunicado, em referência à tentativa dos grupos palestinos de superar suas divisões.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos