Moreno nomeia vice-presidente interina do Equador após prisão de Glas

Quito, 5 Out 2017 (AFP) - O presidente do Equador, Lenín Moreno, designou nesta quarta-feira uma de suas ministras para ocupar a vice-presidência interina diante da "ausência temporária" do titular, Jorge Glas, em prisão preventiva por envolvimento no caso Odebrecht.

Por decreto, Moreno nomeou vice-presidente María Vicuña, ministra de Desenvolvimento Urbano e Habitação, para o "período que dure a ausência temporária" de Glas, detido em Quito.

Moreno justificou a decisão argumentando que a prisão de Glas é uma "circunstância de força maior" que o impede de exercer o cargo para o qual foi eleito em abril passado, segundo nota divulgada pela secretaria de Comunicação.

"Uma pessoa que está presa não pode cumprir com a função de vice-presidente", declarou Moreno.

"A questão de um julgamento político (para destituir Glas) é prerrogativa da Assembleia. Sua condenação é uma questão da Justiça", acrescentou o presidente.

A Constituição determina que o presidente pode designar um vice temporário entre seus ministros, e caso Glas fique ausente por mais de 90 dias, o Congresso deverá apontar seu sucessor em uma lista tríplice apresentada por Moreno.

Glas, investigado por envolvimento no escândalo de corrupção da Odebrecht, está em prisão preventiva desde segunda-feira.

O político, de 48 anos, alega que a decisão de prendê-lo foi adotada "sem provas e com indícios forjados", e prometeu recorrer "a instâncias nacionais e internacionais" para se defender.

Glas teria recebido do ex-diretor da Odebrecht no Equador José Conceição Filho 16 milhões de dólares em propina em troca de contratos de obras com o governo equatoriano.

O processo de Glas no caso Odebrecht se mistura no Equador com a luta de poder no governo, entre os partidários de Lenín Moreno e de seu antecessor, Rafael Correa.

O atual presidente é acusado por Correa, que mora atualmente com sua família na Bélgica, e Glas - antigos aliados - de se unir à oposição de direita para acabar com a chamada "revolução cidadã".

jm-sp/lr

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos