Quatro mortos e 15 feridos em atentado suicida em Misrata

Trípoli, 4 Out 2017 (AFP) - Pelo menos quatro pessoas foram mortas e outras 15 feridas em um atentado suicida na cidade líbia de Misrata, informaram fontes da segurança.

De acordo com essas fontes, um homem-bomba se explodiu dentro do Complexo de Tribunais, um prédio localizado no centro desta cidade sob o controle das forças leais ao Governo de Unidade Nacional (GNA), reconhecido pela comunidade internacional.

"Três homens pertencentes ao (grupo jihadista) Estado Islâmico cometeram um ataque suicida no Complexo de Tribunais em Misrata, matando quatro pessoas e ferindo quinze outras", afirmou o general Mohamad Al Ghassri, porta-voz das forças do GNA.

O trio desceu de um veículo, um dos homens conseguiu entrar no prédio onde se explodiu, disse ele. "Abatemos um segundo e detemos o terceiro", acrescentou.

De acordo com a agência de notícias líbia LANA, o atentado coincidiu com a chegada no Complexo de prisioneiros do EI, que deveriam ter uma audiência.

As milícias de Misrata (200 km a leste de Trípoli) são as melhores armadas do país, contando com aviões MiG e helicópteros de ataque.

A Líbia está mergulhada no caos desde que Muammar Khaddafi foi derrubado em 2011. Atualmente, duas autoridades disputam o poder: o GNA, reconhecido pela comunidade internacional e estabelecido em Trípoli, e uma autoridade que exerce seu poder no leste do país com o apoio do marechal Khalifa Haftar.

O EI aproveitou esse caos para se estabelecer em Sirte em junho de 2015. O GNA, assistido pelas milícias de Misrata e com o apoio aéreo do exército americano, recuperou Sirte em dezembro de 2016.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos