Hamas designa como número 2 um acusado por Israel de organizar atentados

Gaza, Territórios palestinos, 5 Out 2017 (AFP) - O Hamas anunciou nesta quinta-feira (5) que nomeava como seu número dois o palestino Salah al-Arouri, um militante exilado acusado de ser o cérebro de inúmeros atentados.

Israel, que festeja o Sucot, não emitiu reação imediata diante da notícia.

O comitê político do Hamas, formado por 18 membros, elegeu Salah al-Arouri como adjunto de Ismail Haniyeh, informou à AFP uma autoridade pertencente ao movimento.

Arouri contribuiu para a criação do braço armado do Hamas, movimento ao qual se uniu em 1987, conforme informações dos meios de comunicação do movimento palestino que controla a Faixa de Gaza.

Esteve preso em Israel durante 15 anos após ter sido declarado culpado pela formação de células militares na Cisjordânia ocupada. Três meses após sua prisão em 2007, Israel o aprisionou novamente por três anos. Foi libertado em 2010 sob condição de exilar-se.

Posteriormente viveu na Turquia, e após a normalização das relações entre Tel Aviv e Ancara, mudou-se para o Catar em 2016. Atualmente estaria no Líbano, segundo fontes do Hamas.

A proibição da entrada de Salah al-Arouri em território turco fazia parte, de acordo com autoridades israelenses, da normalização de relações diplomáticas com a Turquia. Ancara nunca confirmou a sua presença na Turquia.

O Hamas, considerado um grupo terrorista por Israel, pelos Estados Unidos e pela União Europeia, realizou três guerras contra Israel desde que assumiu o poder da Faixa de Gaza em 2007.

Em 2014, Israel acusou o Hamas de sequestro, e posteriormente de assassinato, de três adolescentes israelenses na Cisjordânia, acontecimento que contribuiu para o aumento da violência e para a última guerra ocorrida em Gaza.

Salah al-Arouri tinha declarado que o Hamas era responsável por esses assassinatos, ainda que o movimento nunca os tenha reivindicado.

Em 2015, o Tesouro americano anunciou sanções contra o palestino.

az-my-lal/vl/jz/mb/bn/mr

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos