Pentágono confirma morte de três soldados americanos no Níger

Washington, 6 Out 2017 (AFP) - Três boinas verdes americanos e quatro soldados do Níger foram mortos quando sua patrulha caiu em uma emboscada perto da fronteira com o Mali, no sudoeste do país, confirmaram o Pentágono e oficiais em Niamey nesta quinta-feira.

O Departamento de Defesa indicou que outros dois soldados americanos foram feridos no ataque, num momento em que as forças dos Estados Unidos apoiavam as operações antiterroristas do Níger na região problemática.

O ataque ocorreu no sudoeste do Níger, afirmou o Comando dos Estados Unidos na África (Africom) em um comunicado emitido por sua sede em Stuttgart, na Alemanha.

Os soldados americanos mortos não foram identificados, mas segundo a imprensa eles faziam parte das forças especiais dos Boinas Verdes que estavam no Níger para treinar as forças locais.

Os dois soldados feridos foram evacuados para o Centro Médico Regional de Landstuhl, na Alemanha, onde permanecem em "condição estável", de acordo com Africom.

A informação confirma a presença pouco conhecida de tropas americanas na área, que faz parte do Sahel, onde os grupos jihadistas aumentam sua atividade insurgente.

"As forças dos Estados Unidos estão no Níger para fornecer treinamento e assistência às Forças Armadas do país em seus esforços para conter as organizações extremistas violentas da região", disse Africom.

Na noite desta quinta-feira, o governo em Niamey informou que quatro de seus soldados morreram no ataque e outros oito militares ficaram feridos.

"Uma patrulha conjunta das Forças de Defesa e Segurança (FDS) e dos (instrutores) americanos que se deslocava pela zona de fronteira com o Malí caiu em uma emboscada de elementos terroristas a bordo de uma dezena de veículos e cerca de 20 motos (...) a cerca de 80 km a noroeste de Ouallam" e a 100 km de Niamey, informou o porta-voz do ministério da Defesa, coronel Abu Targué.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos