Trump: Irã desrespeitou 'espírito' do acordo nuclear

Washington, 5 Out 2017 (AFP) - O presidente de Estados Unidos, Donald Trump, disse nesta quinta-feira que o Irã não cumpriu o "espírito" do acordo assinado em 2015 com outros seis países sobre seu controverso programa nuclear.

"Eles não cumpriram o espírito do acordo", disse o presidente, para quem "o regime iraniano apoia o terrorismo e exporta violência e caos a todo o Oriente Médio".

Por isso, acrescentou, "é necessário por fim às ambições nucleares e às agressões do Irã. Todos vocês escutarão sobre o Irã em breve".

Trump tem até 15 de outubro para comunicar formalmente ao Congresso e vários funcionários próximos aos debates na Casa Branca disseram à AFP que Trump decidiu não certificar o cumprimento por parte do Irã.

o acordo assinado pelos Estados Unidos durante o governo de Barack Obama -assim como por Alemanha, França, Reino Unido, Rússia e China- em 2015 suspende as sanções impostas a Teerã em troca da limitação do enriquecimento de urânio no país, que também se comprometeu a permitir inspeções internacionais.

A lei obriga o presidente americano a informar o Congresso, a cada 90 dias, se o Irã respeita o acordo e se a suspensão das sanções está no interesse nacional dos Estados Unidos.

Publicamente, o governo Trump acusou o Irã de violar o "espírito" do acordo, conhecido como JCPOA, embora alguns funcionários admitam privadamente que há diferença entre forçar os limites e uma violação do acordo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos