Espanhol Agramunt renuncia à presidência da Assembleia Parlamentar do Conselho da Europa

Estrasburgo, França, 6 Out 2017 (AFP) - O senador espanhol Pedro Agramunt renunciou nesta sexta-feira à presidência da Assembleia Parlamentar do Conselho da Europa (APCE), três dias antes da votação de uma resolução para destituí-lo em razão de uma polêmica viagem à Síria.

"Hoje eu decidi por motivos pessoais não presidir a Assembleia Parlamentar do Conselho da Europa", anunciou Agramunt, de 66 anos, em sua conta no Twitter. Ele presidia a APCE desde janeiro de 2016.

Sua saída era exigida por todos os grupos políticos da APCE. Em março, o senador posou em Damasco com o presidente sírio, Bashar al-Assad.

A Assembleia aprovou em junho um procedimento para destituir seu presidente, o que não poderia ser feito até agora. Vários de seus membros pediram que Agramunt renunciasse para "evitar uma humilhante destituição".

A APCE é uma instância que reúne 324 parlamentares dos 47 Estados membros do Conselho da Europa e é responsável por discutir o estado de direito, os direitos humanos e a luta contra a corrupção.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos