Naufrágio deixa dois mortos e refugiados desaparecidos na fronteira entre Mianmar e Bangladesh

Cox's Bazar, Bangladesh, 8 Out 2017 (AFP) - Um barco que transportava refugiados rohingyas fugindo da violência em Minamar naufragou neste domingo em um rio na fronteira com Bangladesh, deixando dois mortos e vários desaparecidos, segundo autoridades.

A guarda costeira e agentes da guarda fronteiriça afirmaram que cerca de 100 pessoas estavam na embarcação, que naufragou no rio Naf.

"Recuperamos dois corpos, e duas pessoas foram resgatadas com vida", indicou, em um primeiro momento, o comandante da guarda costeira na região, Alauddin Nayan.

Outras 11 pessoas foram resgatadas, incluindo duas crianças, informou Abdul Khalil, responsável pela guarda costeira de Bangladesh, acrescentando que o naufrágio ocorreu por volta das 22h locais.

"Conversamos com vários sobreviventes. Um deles disse que o barco transportava entre 80 e 100 pessoas", assinalou Khalil.

Mais de meio milhão de rohingyas, uma minoria muçulmana apátrida, fugiram de Mianmar para Bangladesh depois que o Exército lançou uma campanha contra os mesmos em resposta a ataques realizados contra postos fronteiriços por rebeldes rohingyas em 25 de agosto.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos