Governo espanhol considera inadmissível declaração "implícita" de independência catalã (fontes oficiais)

Madri, 10 Out 2017 (AFP) - O governo espanhol considerou que "não é admissível" a declaração de independência "implícita" formulada pelo presidente regional da Catalunha, Carles Puigdemont, indicou à AFP uma fonte do governo.

"Não é admissível fazer uma declaração implícita de independência para depois deixá-la em suspenso de maneira explícita", declarou um porta-voz.

Puigdemont declarou ante o Parlamento regional que "o governo catalão e eu mesmo propomos a suspensão dos efeitos da declaração de independência, a fim de poder iniciar nos próximos dias um diálogo".

bur-avl/mck/mb/mr

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos