Governo espanhol pede ao presidente catalão "que não faça nada irreversível"

Madri, 10 Out 2017 (AFP) - O governo espanhol pediu nesta terça-feira ao presidente regional catalão Carles Puigdemont, que pode declarar nas próximas horas de modo unilateral a independência da Catalunha, "que não faça nada irreversível".

"Quero pedir ao senhor Puigdemont que não faça nada irreversível, que não siga nenhum caminho sem volta, que não realize nenhuma declaração unilateral de independência, que volte à legalidade", disse à imprensa o porta-voz do governo da Espanha, Íñigo Méndez de Vigo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos